Projeto Pequeno Samurai

Você tem idéia de quantas crianças estão longe de uma realidade infantil adequada no Brasil?

Já pensou em fazer alguma coisa para mudar o futuro ?

Projeto Pequeno Samurai

O Projeto Pequeno Samurai è um uma inicitiva de integração entre as agremiações, associações de moradores e iniciativas públicas e privadas em conjunto com a Hokutoryu Brasil com a finalidade de oferecer às crianças e jovens, oportunidades de cultura, socialização, esporte e lazer através de atividades físicas ligadas as disciplinas do Ju-Jutsu, a arte-marcial samurai. Com uma visão mais moderna e arrojada embasada em metodologias de ensino própria trazida da Finlândia.

De modo implícito estaremos passando as essas crianças valores embutidos no código Bushido, que são: Honra, disciplina, coragem, determinação, respeito; Oferendo assim uma visão do mundo diferente a que são expostas diariamente em suas localidades à essas crianças .

Porque fazemos isso…

Passo para trás nem para pegar impulso

“Os samurais obedeciam a um código de honra não-escrito denominado bushidô (caminho do guerreiro). Segundo esse código, os samurais não poderiam demonstrar medo ou covardia diante de qualquer situação.”

O projetos pequeno samurai tem como objetivo oferecer a crianças e jovens a oportunidade de descobrir um modo diferente ver o mundo, onde o respeito, a honra, a ética e honestidade são valores que não podem ser em nenhum momento esquecido ou até mesmo desviados no dia-dia, assim oferencendo a estas crianças e jovens a oportunidade, com a pratica da arte-marcial, ser integrado e reconhecido pelo mundo como uma pessoa de caráter e honra onde seus valores são inabaláveis apesar das dificuldades e situações, que como em qualquer luta ele pode vencer com determinação e preparo bastando a ele empenho e dedicação que ele aprende em todos os dias.

As crianças podem ficar agressivas?

Não. Pelo contrário, segundo estudo da Universidade de Tel Avivi (ISR) as crianças que passaram a praticas esportes inclusive asters marcial apresentam um maior autocontrole e disciplina além de diminuir a agressividade.

O Ju-Jutsu é adequado para crianças?

Não o Ju-Jutsu apesar de ser uma forte arte-marcial, não é ensinado nesta fase da vida para qualquer ataque, a finalidade é dar a criança meios de se defender sem atacar, com o tempo o aluno terá acesso as formas de combate como processo evolutivo normal da arte e da metodologia de ensino aplicada, porem sempre com supervisão, há uma grande atenção no que diz respeito a integridade de todos os envolvidos quer seja em treino ou em competições?

O Ju-Jutsu pode ajudar o desenvolvimento infantil?

Sim, claro, a prática de artes-marciais ajuda no desenvolvimento da coordenação motora de todos principalmente das crianças.

O Ju-Jutsu é a mesma coisa que MMA?

Não, ao contrário do que se prega no MMA, no Ju-Jutsu ensinamos que a arte-marcial, em particular o Ju-Jutsu somente deve ser usado para defesa e como último recurso e ainda assim com a preocupação de causar o mínimo dano ao adversário, visando apenas sair da situação adversa o mais rápido possível.

O Ju-Jutsu ensina defesa pessoal?

Sim é ótimo para defesa pessoal por ser um sistema completo, onde nosso alunos tem a visão de todas as fases de uma luta (socos, chutes, quedas, chão e o domínio de fugas de bastões e lâminas). Além de adquirir o raciocínio rápido o aluno ainda aprende a desenvolver a capacidade de sair de uma agressão sem tocar ou ser tocado pelo adversário.

O Ju-Jutsu fala sobre cultura?

Sim, o Ju-Jutsu é a luta que deu origem a maioria das artes marciais japonesas, portanto ele estará ambientato em praticar e descobrir a essência das artes marciais em nossa escola.

Quer saber mais sobre o projeto
Pequeno Samurai

Sempre há algumas dúvidas sobre o projeto. Aqui é o lugar para saber as respostas das principais perguntas que sempre fazem. Se dúvida não estiver entre essas, não se preocupe, mande-nos um e-mail (contato@hokutoryu.com.br) ou entre em contato pela nossa página de contato que vamos te responder rapidinho =)

Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro, a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz.

Acreditamos que ninguém faz nada sozinho, por isso essa iniciativa visa não só integrar as instituições de cunho publico e privada com o esporte e gerar assim um meio de sensibilizar e até mesmo de responsabilizar cada camada da sociedade a se unir em busca de um amanhã melhor para todos.

Crianças sadias, são o futuro para uma nação sadia.

Nós cremos e queremos fazer a nossa parte

Venha nos apoiar e fazer desse sonho uma realidade